HISTÓRICO
  TIMELINE - Clique para visualizar a linha de tempo ABCE




Histórico da ABCE

Nos anos 30 do século XX o Brasil se modernizava rapidamente, passando de uma economia agrícola baseada na exportação de café para um país em processo de industrialização.

Em 1936, um grupo de pequenos empresários oriundos da cafeicultura fundou a Associação Paulista de Empresas de Serviços Públicos, que congregava companhias de eletricidade, telefonia, gás, águas e esgotos e bondes elétricos. O objetivo da Associação, então como agora, era coordenar as ações de suas empresas associadas e ser a voz do empresariado no diálogo com os poderes públicos.

Os fundadores da Associação eram, em sua grande maioria, representantes de empresas de eletricidade e diante da importância essencial deste insumo para a acelerada industrialização que a nação atravessava, em 1959 a entidade passou a denominar-se Associação Paulista de Empresas de Serviços Públicos de Energia Elétrica. Em 1971, a entidade assume expressão nacional como Associação Brasileira de Concessionárias de Energia Elétrica - ABCE.

Nestes 70 anos a ABCE acompanhou atentamente os passos da Nação brasileira: o Estado Novo, a volta da democracia no fim da Segunda Guerra Mundial e o governo Juscelino Kubitschek, o movimento militar de 1964 e a Nova República.

O setor elétrico nacional também passou por diversos momentos em sua evolução: a fase dos grupos transnacionais, como a Light e a Bond & Share, e a criação das grandes empresas públicas federais e estaduais, como Eletrobrás, Chesf, Eletrosul, Eletronorte, Cesp, Copel e Cemig. Mais recentemente, com a privatização, parte das estatais tornou-se privada e novas empresas surgiram.

Hoje vivemos um momento de convivência entre as empresas privadas e estatais, nacionais e estrangeiras. Representando-as e harmonizando suas ações, a ABCE, em conjunto com sua entidade-irmã, o Sindicato da Indústria da Energia no Estado de São Paulo - SIESP e as outras importantes associações setoriais, trabalha com empenho pelo exercício da livre iniciativa e pelo desenvolvimento do setor elétrico, base para o crescimento do País.

A ABCE criou, em 1972, a Medalha de Mérito Bernardo Mascarenhas e, em 1980, o Prêmio Medalha Eloy Chaves, para incentivar respectivamente as lideranças do setor elétrico nacional e as empresas da área com os menores índices de acidentes de trabalho.

A partir de 1985 as atividades da Associação concentraram-se em comitês, como o Jurídico-Tributário e o de Meio Ambiente. Estes grupos vêm organizando estudos, simpósios e encontros em todo o país, dedicados às principais questões de interesse do setor elétrico.

Nesta trajetória de 70 anos a ABCE representa suas empresas associadas, hoje mais de sessenta, na busca de seu maior objetivo, um setor elétrico moderno e dinâmico, voltado para o bem comum de todos os brasileiros.



 

[ topo ]